domingo, setembro 09, 2007

Andorinha despertada,
insone verso meu,
vagueia muda
na noite desatada
num sonho que não nasceu.

Um comentário:

Clarice disse...

Oi Isi. Gostei do jogo de palavras. Essa mistura de ausência de sonhos em noites compridas na companhia da insônia é algo que vez por outra experienciamos, queiramos ou não.
Então deixo uma citação feita por Lama Padma no livro "Relações e Conflitos", falando sobre ensinamentos do budismo, onde diz: "Mesmo quando sonhamos, nossa liberdade é limitada - flutuamos, mas sem ultrapassar os objetos dos olhos, ouvidos, nariz, língua, tato e mente. Nossa mente quando raciocina, também está limitada a estes objetos."

beijos,
Clarice Antunes