terça-feira, agosto 26, 2008

EAD

mergulho no ciber espaço.
navego entre tempos,
entre textos,
entre tantos.
Tantos amigos,
amigos dos quatro cantos,
cantos de entrelaços,
laços distantes,
que aproximam espaços.
Te sinto
colega distante.
Te leio,
te “linko” em meu contexto,
não te vejo
e não obstante
somos co-autores de textos,
feitos a quatro mãos,
a seis ou a muitas mais
cooperamos , crescemos,
construímos uma comunidade.
Como uma unidade
· de saberes
· de fazeres
· de quereres
· de seres em comunhão.

Um comentário:

cezarina disse...

Maravilhosa!Ë tudo verdade!Soubeste passar a realidade da Rede para a poesia...Parabéns!Bjo!