sábado, novembro 03, 2007

Estranha visitante

Todos os dias mal anoitecia e ela passava, por vezes tão misteriosa que nem a via. Em outros, menos discreta, deixava seu esguio rastro luminoso.
Dia a dia se mostrava mais bela. Repleta de luz admirava-se no espelho do lago.E vinha sorrir, formosa, diante de minha janela.


(conto com 50 palavras)

Um comentário:

lila rizzon disse...

Oi, Isi
Vim passear no teu blog e fiquei encantada - tanto com a intenção e força das palavras, como com a graça das letras coloridas. Adorei a idéia! E também este conto de 50 palavras. Um beijo pra vc,